9 simples passos para você fazer economia antes do casamento

Há aproximadamente 4 anos

economia antes do casamento

Para que o tão esperado dia seja perfeito e da forma como os noivos imaginam é preciso planejamento, e claro, separar um capital para a realização da cerimônia e festa. O ideal é que se comece a investir o quanto antes, ou seja, no momento da decisão da cerimônia.

Os casais costumam marcar o casamento para 1 ou 2 anos, por isso, este é o período ideal para começar a se planejar financeiramente.

planejar o casamento

É necessário que os noivos caminhem juntos e estabeleçam algumas prioridades e metas que devem ser seguidas à risca, para evitar endividamentos e transtornos futuros, afinal, este é um momento de festa e muitas alegrias.

Pensando na importância que o planejamento possui para um casamento de sucesso, listamos 9 simples passos para você economizar e ter um casamento sem stress e livre de dívidas.

Economia para a cerimônia e Festa

Determinar o tipo de casamento, escolher o tipo de investimento ideal para o casal e a forma de pagamento são 3 importantes passos que os noivos deverão seguir, veja abaixo.

1 - Casamento simples ou formal?

casamento simples

Antes de tudo, os noivos devem decidir que tipo de casamento desejam e o quanto estão dispostos a investir. É válido ressaltar que quanto mais formal, mais caro será o casamento. O ideal é que decidam por um gasto que caiba no bolso do casal.

2 - Investimento para a festa

Há diferentes formas de investimento, neste caso, o casal deve passar bem longe do mercado de ações e investimentos de risco.

A dica é optar por investimentos de curto prazo, pois possuem resgate e renda fixa ou optar pela poupança, que está isenta do imposto de renda e mesmo não possuindo alto retorno, é uma forma segura de poupar. Outra dica interessante é investir no Tesouro Direto, pois é considerado uma aplicação de baixo risco.

3 - Pagar à vista

Essa é a grande vantagem de se planejar e começar a economizar por um período antes do casamento, pois quando chegar a hora de fechar contratos, os noivos terão a opção de pagar a vista e negociar descontos consideráveis. Se você não se planejar e adotar o cartão de crédito como forma de pagamento, se prepare para os juros.

Economia e gastos pessoais para a cerimônia e festa

Para começar a economia para o casamento, é necessário que os noivos comecem a poupar. Veja a seguir dicas importantes e básicas para economizar no dia-a-dia e na vida a dois.

 economia e gastos pessoais para a cerimônia e festa

4 - Anotar os gastos

Começar a anotar os gastos é uma dica valiosa. Muitas vezes compramos coisas as quais não se tem tanta importância e anotando, é possível ter uma base da quantidade de besteiras que se compra.

No final do mês, faça as contas, pode dar uma grande diferença. Anote cada cafezinho, chicletes, objetos, roupas e etc e corte tudo o que for desnecessário. Dê prioridade ao casamento.

5 - Estabelecer um valor X de investimento

Sabendo o tipo de casamento que irão planejar e tendo uma base de valores, agora é a hora de colocar na ponta do lápis o quanto deverão economizar ao mês em um determinado prazo com um determinado investimento, escolhidos pelos noivos.

A dica é criar uma conta conjunta e sempre separar um determinado valor e assim que receberem já depositarem, para evitar de gastar.

6 -  Rever passeios

Se em um sábado à noite o casal gasta R$ 100 em barzinhos ou restaurantes, no final do mês essas saidinhas podem alterar o orçamento. Passeios alternativos e mais baratos podem valer a pena para se conquistar o casamento dos sonhos.

7 - Conter as Férias

Se o casal ou um deles possuem férias para tirar, deixe para gastar na lua-de-mel e utilize as férias para assuntos do casamento.

8 - Contenção de gastos

Estabelecer limites é fundamental. Todos gostam de comprar novos sapatos, bolsas, camisas, relógios, perfumes e afins, mas, realmente existe a necessidade? Corte os caprichos!

9 - Poupança é uma saída!

É interessante os noivos abrirem uma conta conjunta corrente para os gastos diários e uma conta poupança para o investimento, caso decidam por este. Ter apenas 1 cartão de crédito pode auxiliar na hora do controle.

Outra dica é estabelecer um valor X para gastos com passeios, gastos com necessidades e etc. Assim fica mais fácil de controlar o que se gasta e se estabelece um limite do quanto o casal pode gastar ao mês, sem comprometer o investimento do casamento.

Imagens Bol Notícias / Playbuzz / Portal Tudo Aqui / Revista Icasei

Publicações relacionadas

Fazer uma festa de casamento gastando pouco

Orçamento - Há aproximadamente 2 anos

É possível fazer uma festa de casamento gastando pouco e encantando muito?

organizar um casamento

Planejamento - Há mais de 3 anos

9 Dicas Importantes Para Organizar Um Casamento

meeka a assistente pessoal dos noivos

Planejamento - Há mais de 3 anos

Conheça a Meeka, a assistente que organiza o seu casamento

Comentários