Elopement wedding: o que é e como funciona?

Há 3 meses

Elopement Wedding

Todos os dias conhecemos novos formatos de casamentos. Cada um surpreende pela criatividade, pela quebra de padrões e pela desconstrução de toda uma ideia que temos dos casórios. Isso é curioso e estimulante. Uma vez que nos leva a pensar fora da caixa e a sair de nossa zona de conforto.

Contudo, como enfatizamos com frequência aqui no blog, o tipo de festa que você fará deve ter sintonia com a sua personalidade e a do seu noivo. A propósito, já ouviu falar no elopement wedding? 

Sem pressa e estresse, mas com muita intimidade

Casamento a dois

O elopement wedding não é uma escolha muito comum no Brasil. Entretanto, fora do país é um hit atualmente. Em geral, é a alternativa destinada aos casais que têm pressa, querem menos estresse e mais intimidade. Por conseguinte, tudo é minimizado em prol de um ambiente reservado, no qual os sentimentos devem se destacar em relação a qualquer outro detalhe.

Desse modo, podemos afirmar que casar assim é puro sentimento, trocas de juras de amor e olho no olho. Para quem faz essa opção, portanto, um grande evento é o que menos importa. No casamento a dois, então, a palavra-chave é minimalismo.  

O que é elopement wedding?

Mas, afinal, o que é exatamente o elopement wedding? Bem, o princípio básico é fugir do convencional. Normalmente, os trâmites de uma celebração desse porte são longos, desgastantes e custosos. Além disso, a organização e pormenores de qualquer casório tradicional exigem muita dedicação.

Nesse contexto, é natural que os noivos fiquem tão envolvidos em realizar o festejo que esqueçam um ponto essencial: vivenciar os sentimentos dessa fase tão singular em suas vidas. Por essa razão, o casamento a dois surge como um caminho intimista direcionado a quem deseja uma cerimônia introspectiva e de maior reflexão. 

A origem do termo e o seu significado: conheça!

O termo elope, do inglês, significa fugir. Em nossa língua, uma tradução viável seria casamento a dois. Porém, a construção desse conceito passa por uma longa história.

Há indícios de que o mesmo foi usado em 1338 pela primeira vez a fim de indicar o abandono do noivo pela noiva. No entanto, somente a partir de 1800 que tal palavra ganhou uma acepção próxima da qual é empregada hoje. Ou seja: apartir deste ano, o vocábulo elope começou a ser relacionado à fuga do casal com o intuito de casar longe de tudo e todos, sem necessariamente abandonar o seu cônjuge.

Assim sendo, a intenção dessa espécie de comemoração fica ainda mais clara: um casório sem multidões, com bastante contemplação e poucas ou até nenhuma testemunha.

De que forma organizar o elopement wedding?

O planejamento do casamento a dois é muito simples. Já que se trata de uma cerimônia só para os noivos, a escolha das roupas e adereços é super flexível. Vocês, juntos, vão definir o que usar.

Como organizar o elopement wedding

Regras são totalmente irrelevantes. O mesmo vale acerca da beleza da noiva e outras formalidades. Convites, buffet, decoração e dinâmicas são dispensáveis, por exemplo. Com isso em mente, é importante determinar o local. Esta é uma decisão fundamental a fim de obter o clima desejado para a ocasião. Por isso, esse lugar precisa ter um significado, ser tranquilo e discreto. 

Como encontrar o local perfeito?

A seleção do lugar ideal para o casamento a dois vai depender bastante da história do casal. Conforme mencionamos acima, vale a pena optar por um espaço diferenciado, que pode ser repleto de natureza ou não. Praias desertas, montanhas, parques ecológicos e salas de livrarias são algumas das possibilidades.

Local perfeito para elopement wedding

Em todo o Brasil, existem opções incríveis e, certamente, na sua região deve ter também. O interessante é não fazer mudanças nesses cenários, especialmente os naturais. Logo, decorações são desnecessárias.

Além dos noivos, será que cabe mais gente na cerimônia?

A intenção do elopement wedding é justamente uma celebração apenas com o casal. Dessa forma, somente um juiz de paz e o fotógrafo complementam essa lista enxuta de participantes. Todavia, é possível abrir exceções, é claro.Para algumas pessoas, a presença de amigos e da família será imprescindível. Visto isso, não há problema em levar outras pessoas ao seu evento privativo. Porém, lembre-se: jamais ultrapasse o volume de 20 convidados. Combinado? Caso contrário, o formato em questão perderá o sentido.    

O que acha, agora, de fazer um elopement wedding? Comente, aqui no blog, suas opiniões, dúvidas e planos sobre o tema. Vamos continuar conversando. Junto a isso, aproveite e se inscreva em nossa newsletter abaixo. Assim, você receberá nossos conteúdos exclusivos antecipadamente!

Publicações relacionadas

mini wedding

Temática - Há mais de 3 anos

Mini wedding: essa tendência veio para ficar

maneiras de entreter as crianças no casamento

Casamento - Há 8 meses

10 alternativas para entreter as crianças no seu casamento

Casamento Judaico

Temática - Há 3 meses

Casamento judaico: tudo que você precisa saber sobre esse tipo de cerimônia

Comentários